Buscar
  • Estratégia Parlamentar

Como atrair e manter as pessoas interessadas em seu perfil político nas redes sociais


Descubra como se tornar uma autoridade e construir influência política no mundo digital


Existe uma grande oportunidade no marketing digital que muitos políticos deixam de aproveitar. Essa oportunidade, é a chance que você tem de chamar a atenção para a sua imagem, porém é desperdiçada toda vez que o político tenta forçar a venda de sua imagem ao invés de ser útil para as pessoas e assim fortalecer sua influência digital.

Estou falando do marketing de conteúdo. David Meerman, autor do livro marketing e comunicação na era digital, tem uma explicação muito simples sobre como você pode se posicionar no mundo digital, ousei adaptá-la ao nosso contexto para você entender melhor:

Você pode comprar atenção (anúncios)

Você pode implorar pela atenção da mídia (Assessoria de imprensa)

Você pode encher o saco para ganhar atenção (Viver no eterno palanque virtual)


Ou você pode ganhar a atenção das pessoas criando algo realmente interessante. E é nesse ponto que quero chegar. Marketing de conteúdo não é só sobre você, e sim sobre levar informações úteis e valiosas para as pessoas.


Mas não se engane achando que você não ganha nada com isso. Perfis políticos que focam nessa estratégia, são os que mais ganham em engajamento e relacionamento, fortalecendo assim sua imagem e sua comunidade.


Mas quais são os tipos de conteúdos que posso produzir baseado na estratégia de marketing de conteúdo para o meu perfil político?


Para isso tenho a resposta baseada na metodologia de conteúdo que criei, chamada EEIIIC – Entretenimento, Educativo, Ideológico, Informativo, Inspiracional e que geram conversa. Para saber melhor sobre cada um deles, sugiro que assista a este vídeo:


As funções do marketing de conteúdo são muitas e tem por objetivo principal te fazer mais conhecido, ser interessante e aumentar sua reputação política.


É o marketing de conteúdo que te fará ser encontrado no grande mar de informações e perfis políticos que vemos por aí.

É ele também que promoverá maior interação em seus perfis possibilitando também ouvir as pessoas e assim gerar mais conteúdo interessante. Por isso ao produzir, você também deve ouvir o que as pessoas dizem (e até mesmo o que não dizem) para saber se a estratégia foi bem aplicada.


Outro benefício de produzir conteúdo que seja útil para a vida das pessoas é que sua mensagem pode ser compartilhada e assim propagada por meio de outras pessoas, reduzindo assim seus esforços e investimentos em mídia paga para que sua mensagem tenha um maior alcance.


Quando você nutre as pessoas com conteúdo útil se torna para elas fonte de informação e essa é uma forma de manter a pessoa em contato com a sua imagem, até a data das eleições. Logo, utilizar a estratégia de marketing de conteúdo em sua comunicação política, não tem somente a intenção de atrair e propagar sua mensagem de maneira mais ampla, mas também de fidelizar as pessoas acerca de sua imagem e sua relevância política.


Afinal, se você é útil para elas, elas poderão retribuir isso propagando sua mensagem e posteriormente lembrando de você nas urnas.




Ao passo que encher o saco das pessoas forçando sua imagem política, trazendo conteúdos que só interessam a você mesmo ou que não fazem sentido para a vida prática delas, pode ser um grande tiro no pé.


Lembre: O bom conteúdo é aquele que melhora a experiência das pessoas quando elas tem contato com ele. (E talvez aquela foto de gabinete, ou os 1234 Stories de sessões plenárias não sejam esse tipo de conteúdo).

É preciso fazer com que as pessoas se sintam atraídas por aquilo que você sabe, pelo que compartilha que as ajuda e pela forma como se torna útil para elas, para que assim passe de um político mais do mesmo, para um político referência para as pessoas.


Entenda que toda vez que você tenta vender sua imagem (e a maioria dos políticos faz isso o tempo todo), você não está fazendo marketing de conteúdo pois, marketing de conteúdo não é venda, é ajuda. Pense nisso.


Que tal já pensar também no seu material de campanha? Clique no Banner e saiba mais


0 visualização