208942083608532
 
  • Estratégia Parlamentar

Como usar vídeos curtos em sua estratégia política


Os vídeos curtos vieram para ficar e serão muito presentes nas estratégias de campanha eleitoral em 2022.


O que você precisa saber é que esse formato não é uma "tendência" que vem e passa e sim uma nova forma de se comunicar com as pessoas que estão com a atenção cada vez mais reduzida.


E pra piorar, além da atenção reduzida, ainda temos uma série de outros atrativos, que torna nosso trabalho ainda mais desafiador.


São memes, influenciadores, os grupos dos amigos do Whats e uma série de conteúdos que estão a todo momento disputando a atenção das pessoas.


Por isso você precisa ser sagaz em saber com usar vídeos curtos em seu marketing político digital, para não somente ser visto, mas também ser lembrado e compartilhado.


Mas isso só vai acontecer de forma frequente se você tiver o pensamento voltado para a estratégia do que você quer alcançar com aquele vídeo e para isso algumas dicas de construção de roteiros e formatos são essenciais.


Tenha uma estrutura


Independente se no vídeo curto o político fala ou se você coloca um áudio, é importante que ele tenha uma estrutura que facilite o consumo desse conteúdo pelas pessoas, não somente nas redes sociais, mas também para o envio nas listas do whats ou no uso do status do mensageiro.


- Um bom vídeo tem cabeça que é a introdução atrativa

- Corpo que é onde você vai discorrer sobre o assunto

- Calda, onde você vai fazer uma chamada para ação


Chame a atenção


Para vídeos curtos os dois primeiros segundos podem ser decisivos para chamar a atenção das pessoas, por isso você deve caprichar na capa e nos textos iniciais que aparecem quando você publica ou encaminha esse vídeo para as suas listas do WhatsApp.


Se quiser criar uma capa especial para o seu vídeo, faça sempre se perguntando se chamaria a sua própria atenção. Não descuide desse detalhe, porque ele faz total diferença.


Acompanhe as trends


Criar vídeos com trends ajuda no alcance dele. Por isso fique por dentro de quais são os áudios e músicas que estão bombando no TikTok e no Reels. Aproveite essas trends para chamar atenção para a sua mensagem.


E aqui deixo uma dica: Em nosso canal no Telegram, disponibilizamos semanalmente trends para você usar em seu conteúdo político. Vale a pena acompanhar.



Vídeo curto é para ser curto


Essa dica até parece redundante, mas vejo muita gente criando vídeos curtos que ficam no limite do que hoje é atrativo. Os melhores vídeos para chamar a atenção e engajar as pessoas tem até 12 segundos. Por isso tenha clareza que conteúdos de vídeos curtos são para atrair e viralizar e não para aprofundar um conteúdo. Existem outras formas mais efetivas de se fazer isso.


Chamada para ação


Seu vídeo não pode simplesmente acabar sem antes mostrar a quem o assiste o que você gostaria que as pessoas fizessem. E a dica que eu deixo aqui é que você coloque nos segundos finais do seu vídeo um card ou uma mini chamada padrão para as suas redes ou para que as pessoas compartilhem o seu conteúdo. Essa é uma forma simples, sutil e efetiva de influenciar o comportamento das pessoas.


Estratégia de Distribuição


Ao criar o seu vídeo, considere também a estratégia de distribuição, ou seja, onde ele será entregue. Pensar em diversos lugares onde você pode deixar seu vídeo, aumenta a probabilidade que mais pessoas vejam e a sua mensagem política chegue mais longe.

Um exemplo simples do que falo é considerar colocar seus conteúdos em vídeos curtos no Reels, TikTok, Enviar nas listas de transmissão ou até mesmo deixar no seu status do WhatsApp.


E agora que você já sabe quais são as principais dicas para criar vídeos curtos e arrasar na estratégia, bora aplicar esse aprendizado?


Um abraço e até breve!


Gisele Meter





140 visualizações