208942083608532
 
  • Estratégia Parlamentar

Marketing Político: Como transformar conhecimento em resultados


Se você é daqueles que estuda muito, mas não consegue aplicar o que aprende em sua comunicação e marketing político, esse texto é para você.


Vejo que hoje, assessores, jornalistas e profissionais que atuam com social media político vivem atrás de dicas e conhecimento, porém uma grande parcela ainda se sente insegura por não conseguir aplicar esses ensinamentos de forma prática vendo de suas horas de dedicação serem desperdiçados por não conseguir transformar em resultado.


Por mais que a gente saiba que organização e disciplina sejam passos fundamentais para o sucesso (pelo menos tem sido como eu consigo resultados), percebo que ainda falta um ponto importante que é o caminho que um conhecimento percorre até virar resultado. Então é sobre isso que o texto se trata.


Vou te mostrar de forma prática como transformar tudo aquilo que você já aprendeu até hoje em resultados para o Marketing político do seu cliente ou assessorado.


Mas antes, quero te deixar uma dica importante e que faz toda a diferença na hora de transformar conhecimento em resultados: Aplique o quanto antes aquilo que você aprendeu.


Quanto mais você criar esse hábito, mais o seu conhecimento será reforçado e você entenderá como esses aprendizados podem ser ampliados ou adaptados em seu processo para ter mais resultados no marketing político.


Tendo isso em mente, vamos agora elencar o caminho que o conhecimento passa até ele se transformar em resultados práticos. Vale lembrar que a maioria do conhecimento adquirido não vira de uma hora para outra em resultados estratosféricos, ele passa por um processo até trazer retorno e se você não entender isso, vai viver frustrado por estudar demais e aplicar de menos.


Veja como acontece esse passo a passo:


Conhecimento – O primeiro passo é realmente o estudo, a leitura e tudo aquilo que faz você adquirir novas perspectivas ou habilidades.


Nesse ponto é bem importante que você saiba qual é a sua melhor forma de aprender. Tem pessoas que aprendem mais indo a palestras, outras por meio da leitura, tem aquelas ainda, que aprendem ouvindo.


Saber qual é a forma que você melhor assimila um conhecimento é o primeiro passo para que ele vire resultados.


Por isso seja seletivo na escolha de como você aprende. Isso ajudará em todo o processo seguinte.


Transforme o conhecimento em ideias – Esse segundo passo, consiste em captar ideias dentro do que você aprendeu. Eu por exemplo, gosto muito de ler, salvar ou anotar o que aprendo ou o que me chama atenção. Depois, volto nas anotações ou grifos e transformo em ideias.


Para meus aprendizados de marketing político e comunicação, uso os grifos do Kindle transformando esses destaques em um único documento.


Também salvo conteúdos do Instagram e de tempos em tempos transformo em ideias, deixando a pasta limpa para receber novos conteúdos.


Outra coisa que me ajuda muito é ter um “grupo de ideias” no WhatsApp, onde só eu participo 😊 tudo o que eu penso jogo ali e depois vou refinando.

Ter um processo de captação de ideias que é alimentado de forma constante é importante para que aquilo que você aprende comece a tomar forma e traga resultados.


Busque informação para conectar ideias ao conhecimento – Junte conhecimento, informação e ideias para dar corpo e trazer a teoria para a prática. Às vezes, o conhecimento só consegue ser transformado em ideia, se você tiver mais informações para conectar as duas partes.


Buscar cases, institutos de pesquisa, especialistas, publicações especializadas, relatórios e outras fontes além de fazer perguntas para pessoas que tem mais conhecimento prático pode ajudar muito nessa etapa.


Reuniões constantes com a sua equipe de comunicação para gerar ideias para criar conteúdo para o político não somente na parte de Marketing Político, mas também para a comunicação com o cidadão, também é uma fonte de ideias para transformar conhecimento em prática.


Pense em inovação – Muita gente acha que inovar é simplesmente fazer algo novo. Calma lá, não é somente isso!


Inovar é sim inserir novidades, mas com o objetivo de trazer resultados verificáveis. Colocar algo novo no seu Marketing Político apenas para dizer que é “inovar” não é inovação, isso é criatividade.


Criatividade é pensar coisas novas, inovar é aplicar a criatividade na prática com foco em resultados.

Inovar não é simplesmente fazer algo novo. É fazer algo novo que traz resultados.

Logo, a diferença entre criatividade e inovação está em pegar uma ideia subjetiva (criatividade que veio do conhecimento) e transformar em inovação (transformar uma ideia subjetiva em mensurável por meio da viabilização da ideia).


E Como fazer de forma prática para viabilizar conhecimento em resultados?


Conhecimento (Subjetivo com foco em resultados)


Estratégia: Antes de buscar conhecimento, tenha em mente qual é a estratégia que você pretende ao adquirir determinado conhecimento. Isso te ajuda a escolher onde você vai dedicar seu tempo, fazendo com que você tenha mais foco e seleção.


Conhecimento: Anote tudo o que te interessa dentro do que você aprende e use isso. Conhecimento guardado não serve de nada.


Ideias: Pegue cada um desses conhecimentos e transforme em ideias, se for preciso busque mais informações para dar forma a suas ideias.


Esses três processos são mais subjetivos e nem sempre vistos ou transformado em prática. Seu desafio é passar para a etapa de inovação para dar forma a essa subjetividade.


Inovação (Objetivo com foco em resultados)


Planejamento – Para que a estratégia tome forma, é importante ter organização e nisso um bom planejamento pode ajudar. É no planejamento que que você aprendeu sobre Marketing Político começa a ser encaixado de forma prática pois as ideias passam a ter formas mais observáveis.


Gestão do projeto – Já vi planejamentos excelentes irem por água abaixo, simplesmente por falta e gestão. Esse inclusive é um dos maiores gargalos que vejo hoje em equipes de comunicação e marketing político.


É importante sim ter um coordenador que puxe conhecimentos e ideias para ser aplicado no planejamento e depois para o próximo passo que é a produção.


Produção – A produção é onde as pessoas querem chegar com o conhecimento para ter resultados, mas é preciso entender que até chegar nesse momento, o conhecimento passa pelos processos anteriores.

Tentar pular etapas vai te trazer uma produção mal executada e aquela sensação de que o seu conhecimento não valeu nada.


Por mais tentador que seja não pule etapas! E tenha consciência de que alguns processos duram mais e outros menos, até chegar ao ponto de produção (alguns não levam mais que alguns minutos, outros levam meses), o segredo é ajustar o timing e não perder muito tempo com o que pode ser executado rápido, nem agir rápido demais em produções que devem ser feitas com mais cautela.


Publicação (experimentação) – Chegou enfim a hora de ver o fruto do seu conhecimento a prova! Vale ter em mente que o digital é teste a todo momento.


Então saiba que tanto os conteúdos de execução rápida, como os mais elaborados são experimentações para que você afine cada vez mais sua experiência no marketing político.


Se você tiver na cabeça a cultura de teste, tudo ficará mais fácil e seu olhar mais apurado acerca do conhecimento que você adquire.

Feedback e análises – Você não estudou tanto para morrer na praia certo? É por meio dos feedbacks e análises que você consegue saber se o que você aprendeu teve os resultados esperados e ainda te ajudam a saber onde você deve focar ainda mais seus esforços de estudo para avançar cada vez mais.


Lembre sempre, o que não se mede não se gerencia e se você não consegue nem gerenciar a si mesmo quando ao que você aprende e coloca em prática, como poderá gerenciar o que vai além do que está no seu controle?


Espero ter ajudado com essas dicas, mas acima de tudo, espero que a partir de hoje você coloque em prática seus conhecimentos e tenha com eles cada vez mais resultados!


Um abraço e até breve!


Gisele Meter

153 visualizações