208942083608532
 
Buscar
  • Estratégia Parlamentar

Estratégia Política - 10 lições do Filme Especialista em Crise


Estratégia política - Especialista em Crise - 2015

Dizem que a arte imita a vida, e essa frase pode ser muito bem ilustrada, quando falamos do filme Especialista em Crise. Nele, a consultora Jane Bodine, interpretada por Sandra Bullock, que tem a missão de eleger, por meio de sua estratégia política, um inexpressivo candidato a presidente da Bolívia.


O filme de 2015 é basedo no documentário – Our Brand is crisis de Rachel Boynton que narra a estratégia de marketing de campanha política estadunidense pela empresa de marketing político Greenberg Carville Shrum, na eleição presidencial da Bolívia em 2002 onde Gonzalo Sánchez de Lozada foi eleito presidente da Bolívia vencendo o oponente Evo Morales.


Com uma boa dose de humor, o filme mostra a importância do trabalho de Marketing, para a estratégia politica em uma campanha eleitoral. Confira agora 10 aprendizados que a história ensina:

Estratégia Política e pesquisas eleitorais

1. Pesquisas são o primeiro passo para você saber mais sobre um candidato.

Se você quer saber em que ponto deve partir para elaborar a sua estratégia política, comece com pesquisas. Elas são o retrato do momento e ajudam a decidir por onde você deve começar. No entanto, você deve saber que como dito antes, elas são o retrato daquele momento e o jogo pode virar no momento seguinte, por isso tenha consciência de que além de necessárias, as pesquisas também devem ser atuais para o momento quando se fala em construção ou elaboração de estratégia baseada em pesquisas.


2. Conheça a vida do político, cada fato importa antes de você montar a estratégia.


Quando você é um político, ou se candidata a um cargo, quase que automaticamente, lhe é colocado um alvo nas costas, ou seja, você está na mira da imprensa, dos adversários e daqueles que não concordam com o seu posicionamento, bandeiras e ideologia.

Justamente por isso, é importante que a equipe de Marketing do político conheça a sua vida, sua história e mapeie seus pontos fortes e fracos. Normalmente esse mapeamento é feito por meio de uma matriz SWOT (Também conhecida como FOFA), que tem o objetivo de levantar pontos importantes sobre forças, fraquezas, oportunidades e ameaças que fornecem informações importantes para decisões estratégicas.


Vale lembrar que nesse mapeamento, as pessoas a volta do político (familiares, amigos e apoiadores) devem ser consideradas pois elas podem ser munição para ataques inesperados e que podem comprometer a estratégia.


Estratégia Política - Conheça o Político

3. Mapeie e Monitore o que o adversário fala sobre você.


Monitorar o que um adversário fala sobre você é muito importante para desenvolver estratégias de controle da sua imagem. Fique atento ao que ele fala direta ou indiretamente sobre o seu trabalho e a sua imagem.

Política é batalha de narrativas, vence quem tiver a história mais convincente.


4. Aproveite toda oportunidade para potencializar a imagem do político.


Dizem que um dos maiores ativos que um político pode ter é o tempo e isso é uma grande verdade. Mas de nada adianta ter tempo se você não souber o que fazer com ele. Portanto, aproveite o tempo que você tem para criar oportunidades que potencializam a imagem do político para a sua audiência. E como fazer isso no digital? Produzindo conteúdo para as redes sociais e seus canais próprios. Nunca antes na história do marketing político, tivemos em nossas mãos uma ferramenta tão poderosa e que alcança muitas pessoas, que são as redes sociais, por isso você deve usá-las como elas realmente se apresentam para um perfil político: Uma oportunidade de potencializar a imagem e fortalecer a sua reputação.


5. As pessoas esquecerão o que você disse, as pessoas esquecerão o que você fez. Mas elas nunca esquecerão como você as fez sentir - Carl W. Buehner.

Outro ponto fundamental e que mexe com a emoção, que é um dos pontos cruciais na construção da imagem política, é promover experiências positivas para as pessoas que tem contato com a imagem do político, seja ela física ou digital. Por isso é importante ter coerência entre a forma que você atua em suas redes sociais e fora dela. Um político que se apresenta como completamente acessível em reuniões e visitas e não responde a comentários nas redes sociais, pode levar as pessoas a ter experiências diferentes, provocando assim desconfiança sobre quem ele realmente é. Portanto saiba, você deve promover a melhor experiência possível para as pessoas, mas acima de tudo, ela deve ser aquela que consegue sustentar dentro e fora do digital.


Estratégia Política - Estude as vulnerabilidades do adversário

6. Faça um estudo de vulnerabilidades dos candidatos. Defina o seu adversário, isso é algo que nenhum político gosta.


Outro ponto importante é que assim como você precisa fazer o seu mapeamento, é necessário que você mapeie o seu opositor.

Ao mapear um adversário, você tem a oportunidade de refletir sobre elementos que não perceberia sem uma análise estratégica, mas que podem ser fundamentais, para elaborar sua estratégia política. Analisar um adversário, não serve somente para ter dados para atacá-lo, mas principalmente para ter subsídios para prever e se defender de futuras ações e estratégias do oponente.


7. Busque os melhores para compor a sua equipe. Pessoas que tem dedicação e conhecimento.


Cada vez mais vemos a barra do marketing político subir em ações e estratégias. Justamente por isso, você precisa se preparar e buscar uma equipe capacitada.

Não existe mais espaço para amadorismo.

Se você quer realmente elaborar estratégias que funcionam, busque uma equipe preparada e que esteja disposta a se dedicar à sua causa.


8. Tudo tem a ver com a percepção.

Aqui voltamos novamente a um ponto fundamental para a criação de estratégias políticas, que é o controle da narrativa, por meio da percepção que as pessoas tem ou podem ter da sua imagem política. Saber que tudo é percepção, te faz elaborar ações mais direcionadas para aquilo que você quer que as pessoas percebam.


Estratégia Política - Tudo tem a ver com percepção

9. Tenha segurança no seu trabalho. Tenha referências.


Conhecimento é poder, e pode te dar ainda mais segurança acerca de suas ações e trabalho, mas você precisa saber como usar o conhecimento a favor da sua estratégia política. Acumular conhecimento sem aplicar o que sabe é perda de tempo, expor conhecimento de forma que as pessoas se sintam excluídas ou minimizadas, pode soar arrogante e prejudicar a sua imagem política. Por isso saiba, que conhecimento é sim poder, desde que você saiba o que fazer com ele.


10. Se você não gosta da estrada que está, comece a construir uma nova.


E por fim, se você não tem gostado dos resultados que está obtendo com a sua estratégia política e acredita que ainda há tempo para mudar de rota, pense em pavimentar um novo caminho. Mas faça isso com uma boa dose de análise, conhecimento e planejamento, de modo que você se sinta mais seguro para seguir por uma nova estrada.



52 visualizações0 comentário